Pular para o conteúdo

Comissão de seleção Comissão de seleção

Adriano de Angelis

Jornalista, gestor de projetos de Comunicação e Cultura, coordenador do Núcleo Audiovisual Ação da Cidadania e do projeto Laboratório Audiovisual Ação da Cidadania, que atua com formação profissional e aceleração de projetos de realizadores audiovisuais de periferias. Coordenou programas de TV e projetos da EBC e Canal Futura e atuou com jornalismo participativo e colaborativo, como o "Mosaico Brasil", redes de Pontos de Cultura e Sala de Notícias, com realizadores audiovisuais independentes. Integrou grupos de comunicação e cultura do Fórum Social Mundial e do Fórum Social Brasileiro, com a criação de projetos audiovisuais colaborativos. Foi coordenador do Colegiado Setorial de Audiovisual do Sistema de Cultura do Distrito Federal e integrante do Conselho de Cultura do Distrito Federal. É consultor de projetos audiovisuais e articulador da Rede de Inovação Audiovisual (RiAV), que integra diferentes realizadores, grupos e instituições que desenvolvem ações e laboratórios de inovação audiovisual e cultura digital.

 

 

 

Diana Svintiskas

Jornalista, com especialização em Cinema Documentário Criativo, em Buenos Aires (Argentina), e mestrado em Estudos de Cine e Audiovisual Contemporâneos, em Barcelona (Espanha), é diretora e roteirista de vídeos institucionais, educativos, séries de TV e documentários. Com mais de 15 anos de atuação, dirigiu e coordenou séries como "Tradições Brasil", para o Ministério do Turismo, e "Taxista Empreendedor", para o Sebrae, com exibição na TV Brasil.

 

 

 

 

 

 

Kakau Teixeira

Jornalista e radialista, é graduada também em Artes e especialista em Teatro, pela Fundação Brasileira de Teatro - Faculdade Dulcina de Moraes. Atua na cobertura jornalística da área cultural há mais de 25 anos. Foi repórter, editora e apresentadora da Rádio Cultura (Brasília), produtora cultural e assessora de imprensa de eventos artísticos e culturais, entre eles, o Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, Cine Ceará, Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental de Goiás. Integrou a equipe de programação do Cine Brasília até setembro de 2017, quando aposentou-se da Secretaria de Cultura do Distrito Federal.

 

 

 

 

 

 

Núbia Santana

Nasceu no sertão do Pajeú pernambucano, é graduada em Artes Cênicas e trabalhou como atriz e diretora de teatro. Adaptou peças de Tennessee Williams, Frederico Garcia Lorca e Ariano Suassuna. É diretora de cinema desde 2002, iniciando com o curta-metragem "Alastrado". Em 2005, dirigiu e roteirizou o curta "Degraus", exibido na Mostra Internacional de São Paulo e no Festival de Brasília do Cinema Brasileiro. Em 2008, dirigiu e roteirizou, com a colaboração de Di Moretti, o longa documentário "Pra Ficar de Boa", que estreou na Mostra Brasília do 41º Festival de Brasília e participou da 11ª Mostra de Cinema de Paris. Realiza projetos na área social relacionados com o cinema. O filme "Pra Ficar de Boa" culminou na criação do projeto Nota 10, selecionado pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento – PNUD como um dos projetos-modelo para prevenção e enfrentamento à violência no Brasil. "Pedra do Mal" é o seu segundo longa-metragem e tem parceria do roteirista Victor Navas. Em 2017, iniciou o projeto "Pioneiros", que vai resultar em seu terceiro longa.

 

 

 

Péterson Paim

Graduado em Cinema e em Química, mestre e especialista em Vídeos Educativos pela UnB, diretor e roteirista da produtora Paim Filmes, produziu, escreveu, editou, fotografou e dirigiu quatro longas-metragens e cerca de 40 curtas e médias-metragens de vários gêneros. Foi premiado com o Troféu Câmara Legislativa do DF, em 2013, pelo longa "Cidadão Brazza". Ganhou outros prêmios na Inglaterra e nos Estados Unidos pelo curta-metragem "O dom de Quixote". Foi premiado e participou de diversos outros festivais nacionais e internacionais com os filmes "Alienados", "Love Stone", "Game Over", "A história da borracha na Amazônia" e "Além dos Olhos". Participou do Festival de Filmes Curtas-Metragens das Escolas Públicas de Brasília, que faz parte da programação do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, orientando vários títulos que foram selecionados, dentre os quais cinco premiados.

Documentos
Não há documentos nesta pasta.
Nome Tamanho
Não há documentos nesta pasta.
Mostrando 0 resultados.