Últimas Notícias Últimas Notícias

« Voltar

Sessão solene celebra os 133 anos da Igreja de Deus do Brasil

Sessão solene celebra os 133 anos da Igreja de Deus do Brasil

Qui, 22 Ago 2019 16:04

Sessão solene celebra os 133 anos da Igreja de Deus do Brasil

Sessão solene celebra os 133 anos da Igreja de Deus do Brasil

Em 133 anos de história, a Igreja de Deus no Brasil já alcançou mais de 7 milhões de membros em 180 países e territórios. Para comemorar este aniversário e tantas conquistas, o deputado Valdelino Barcelos (PP) realizou sessão solene na Câmara Legislativa. O evento, realizado na noite desta quarta (21), lotou o plenário da Casa com mais de 500 pessoas, entre dirigentes, pastores e membros da igreja. Pelo menos 50 Moções de Louvor foram entregues como homenagem.

No discurso de abertura, Valdelino contou seu testemunho de vida e se emocionou com o louvor 'O Teu trabalho é descansar em mim', entoado pela cantora Monica Vaz. "Foi a Palavra de Deus que mudou a minha vida e hoje sei que sou um homem transformado. Toda honra e toda glória a Deus, que me curou de tantas doenças. Meu carinho a todos da Igreja de Deus, a quem eu oro e trabalho pelo crescimento e pela propagação do evangelho", disse.

Valdelino também fez menção à sua família, a começar da sua esposa, mãe, pai, filhos e netos. "Eles intercederam por mim. Nunca me abandonaram, mesmo nos momentos mais difíceis. Eles são a minha maior bênção", comentou, com a mão no coração. Seu irmão, Bispo Valderico Barcelos, que é pastor na Igreja de Deus, estava na mesa de honra e também foi homenageado. "Depois que ficou cego, meu irmão passou a enxergar muito mais do que antes. Eu devo muito a ele, a ponto de nem conseguir medir tudo que preciso agradecer a Deus", acrescentou o parlamentar.

Parafraseando um escritor goiano, o Superintendente Nacional da Igreja de Deus no Brasil, Bispo Divino Eterno, falou: "um povo sem memória é um povo sem cultura, um povo sem cultura é um povo sem história, e um povo sem história é fadado ao desaparecimento", recordando a história da igreja, desde seu nascimento em 1886. Para o supervisor regional, Bispo Pedro Gomes, a Igreja de Deus está escrevendo o livro bíblico de Atos dos Apóstolos. "É a continuidade de uma história que ainda vai continuar por muito tempo", declarou.

Para o Bispo Gerson Berbet, toda a Igreja de Deus "se congratula por essa vitória. Tenho um prazer muito grande em relembrar que em mais de 180 nações nós estamos levando o evangelho e alcançando vidas, em nome do Senhor Jesus Cristo", disse, destacando que não importa quem governa entre os homens, "porque Deus sempre está no comando e no controle". Bispo Silvio Vaz falou que as pessoas encontram vida quando procuram a Deus. "Em 133 anos, sabemos que grandes coisas fez o Senhor por nós e por isso estamos alegres".

O Bispo José Raspante também compartilhou seu testemunho de vida, contando que aceitou Jesus Cristo em sua vida aos 19 anos de idade e então aprendeu a amar a Deus acima de tudo. "Só tenho motivos para agradecer e deixo um pedido: vamos amar a nossa igreja, pois ela nos ensina a servir a Deus". Em um pronunciamento breve, o Bispo Odílio de Siqueira também agradeceu: "Dele, por Ele e para Ele são todas as coisas".

Em sua fala, o Bispo Carlito Costa contou que conheceu o Deputado Valdelino Barcelos antes de ser parlamentar. "Nós conversamos sobre honrar a Deus na vitória ou na derrota. Sei que Deus permitiu que ele se sentasse nessa cadeira, pois o seu coração está voltado para Deus".

História - A Igreja de Deus começou sua história em 19 de agosto de 1886, na cidade de Monroe Tennessee, na Carolina do Norte. A instituição chegou oficialmente no Brasil em 1955, quando a missionária americana Caroline Mathilda, que já morava no país há 21 anos e deu início ao trabalho de evangelismo, retornou aos Estados Unidos, mas o projeto prosperou, com a união de um grupo de 700 pessoas. A instituição propaga o evangelho por meio de reuniões, além de fornecer recursos e apoio para trabalhos missionários no mundo, serviços de educação e assistência social.

* Com informações do gabinete do deputado Valdelino Barcelos
Núcleo de Jornalismo