Últimas Notícias Últimas Notícias

Rafael Prudente é eleito presidente da Câmara Legislativa

Rafael Prudente é eleito presidente da Câmara Legislativa

Ter, 01 Jan 2019 18:34

Rafael Prudente é eleito presidente da Câmara Legislativa

Rafael Prudente é eleito presidente da Câmara Legislativa

Conforme estabelece o Regimento Interno da Câmara Legislativa do Distrito Federal, os deputados empossados na manhã desta terça-feira (1º) voltaram ao plenário, nesta tarde, para sessão preparatória para a eleição da Mesa Diretora. A presidência da Casa, disputada por Rafael Prudente (MDB) e Cláudio Abrantes (PDT), ficou com o primeiro, que recebeu 17 votos. Para a vice-presidência, foi eleito o deputado Delmasso (PRB), que concorreu ao cargo com Júlia Lucy (Novo).

O novo presidente do Legislativo local está em seu segundo mandato como distrital. Filho do ex-presidente da CLDF Leonardo Prudente, o emedebista tem 35 anos, é administrador e, na Casa, já foi corregedor e vice-presidente da Comissão de Economia, Orçamento e Finanças (CEOF).

Composição – A Mesa Diretora do biênio 2019-2020 tem como primeiro secretário e suplente os deputados Iolando (PSC) e Jorge Vianna (Podemos), respectivamente. O deputado Robério Negreiros (PSD) foi reeleito para a segunda secretaria da Casa, tendo como suplente Roosevelt Vilela (PSB). Já a terceira secretaria será comandada por João Cardoso (Avante), que tem como suplente Jaqueline Silva (PTB).

Também na sessão desta tarde, foram escolhidos o corregedor e o ouvidor da Câmara. Para o primeiro cargo foi eleito o deputado José Gomes (PSB) e, para o segundo, o deputado Daniel Donizet (PRP).

Bloco partidário - Todos os cargos em disputa ficaram com parlamentares do bloco "Para Unir o DF", integrado por 17 distritais (ver a seguir). Os outros sete deputados chegaram a se organizar em bloco para tentar, de acordo com o princípio da proporcionalidade, pelo menos uma cadeira na Mesa Diretora, mas não conseguiram fazer frente à maioria. O grupo receia, também, ficar de fora das comissões da Casa – as quais, após discussões sobre as normas regimentais, no início da sessão desta tarde, devem ser constituídas ainda hoje.

Deputados como Cláudio Abrantes, Júlia Lucy, Fábio Felix (PSOL) e Leandro Grass (Rede) reclamaram da falta de representatividade nesses espaços e alertaram para o risco da falta de diversidade nos colegiados. O deputado Chico Vigilante (PT), por sua vez, acusou o bloco formado por 17 nomes de estar "atropelando" os outros sete mandatários. "É assim que querem unir o DF?", disparou. O presidente eleito Rafael Prudente garantiu, contudo, não haver atropelo por parte do grupo majoritário: "Fizemos um acordo e vamos chegar a um entendimento, com certeza".

Após a eleição da Mesa Diretora, a sessão foi suspensa por cerca de uma hora, para que os líderes partidários indiquem os nomes que vão integrar as comissões permanentes da Casa. A ideia é que os colegiados escolham, ainda nesta terça, seus presidentes e vices.

Bloco "Para Unir o DF": Martins Machado (PRB), Delegado Fernando Fernandes (Pros), Rafael Prudente (MDB), Delmasso (PRB), Robério Negreiros (PSD), Agaciel Maia (PR), José Gomes (PSB), Jorge Viana (Podemos), Iolando (PSC), Eduardo Pedrosa (PTC), João Cardoso (Avante), Roosevelt Vilela (PSB), Hermeto (PHS), Valdelino Barcelos (PP), Daniel Donizet (PRP), Reginaldo Sardinha (Avante) e Jaqueline Silva (PTB).

Denise Caputo
Foto: Carlos Gandra/CLDF
Comunicação Social - Câmara Legislativa