Últimas Notícias Últimas Notícias

« Voltar

CLDF comemora Dia Nacional dos Vigilantes no plenário

CLDF comemora Dia Nacional dos Vigilantes no plenário

Seg, 17 Jun 2019 17:59

CLDF comemora Dia Nacional dos Vigilantes no plenário

CLDF comemora Dia Nacional dos Vigilantes no plenário

A Câmara Legislativa do Distrito Federal comemorou, em solenidade na tarde desta segunda-feira (17), no plenário, o Dia Nacional dos Vigilantes, celebrado em 20 de junho. Para o autor da homenagem, deputado Chico Vigilante (PT), a data é fundamental porque houve "muita luta para que a categoria se tornasse profissão". Até os anos 1980, os vigilantes eram chamados de "guardinha ou vigia" e agora "somos uma das categorias mais organizadas e respeitadas do País", afirmou. O parlamentar chamou a atenção ainda para o aumento de mulheres vigilantes "que vieram abrilhantar a profissão". Por outro lado, considerou que no atual cenário há um movimento de retirada de direitos.

Mesma opinião manifestou o desembargador do Tribunal Regional do Trabalho da 10ª região, Grijalbo Coutinho: "Passamos por um momento de intenso ataque aos direitos dos trabalhadores". Ele citou a reforma trabalhista do governo Temer, que "devasta os direitos", especialmente em relação às jornadas de trabalho, e o projeto de reforma da previdência (PEC 6/2019), em tramitação no Congresso Nacional, que significa "liquidar a previdência para muitos". Ao lembrar que "foi preciso organização coletiva para os trabalhadores chegarem até aqui" e que "a própria justiça do trabalho é fruto das lutas dos trabalhadores", o desembargador conclamou: "Cabe a vocês enfrentar e resistir à retirada de direitos".

Também rebateu a proposta da previdência do atual governo o presidente da CUT, Rodrigo Brito. Ele elogiou o profissionalismo dos trabalhadores da segurança privada e o engajamento sindical dessa categoria. Em nome das vigilantes femininas, Deise Florentino, na profissão há 19 anos, refutou o nome "guardete", como eram chamadas as vigilantes, e disse sentir muito orgulho do trabalho que executa. Outro que relatou seu orgulho pela categoria que representa foi o presidente do Sindicato dos Vigilantes, Francisco Paulo de Quadros.

Os vigilantes foram fundamentais para que "tivéssemos uma visão de classe", afirmou a deputada federal Érika Kokay (PT), ao parabenizar a categoria. A parlamentar citou a greve geral da última sexta-feira (14) para exemplificar a capacidade de mobilização dos trabalhadores, os quais, segundo ela, precisam se unir contra a retirada de direitos trabalhistas e previdenciários.

Franci Moraes

Fotos: Carlos Gandra/CLDF

Núcleo de Jornalismo – Câmara Legislativa