Mais lidas Mais lidas

« Voltar

Violência é tema de pronunciamento de distritais

Violência é tema de pronunciamento de distritais

Ter, 03 Abr 2018 17:48

Violência é tema de pronunciamento de distritais

Violência é tema de pronunciamento de distritais

A violência foi um dos temas predominantes nos pronunciamentos dos líderes partidários na sessão ordinária da Câmara Legislativa desta terça-feira (3). Além da violência urbana, também foram abordados problemas relacionados com a violência sexual contra crianças e adolescentes.

O primeiro parlamentar a abordar o assunto foi o deputado Chico Vigilante, pela liderança do PT, que criticou o crescimento da violência no Distrito Federal. Na opinião de Vigilante, "a violência no DF está realmente insuportável". O deputado relatou fato ocorrido ontem no hospital do Gama, quando um vigilante levou um tiro na boca de um homem que momentos antes havia sido impedido de entrar na unidade porque estava sem documentos.

Segundo o distrital, o agressor afirmou à polícia que queria visitar a filha que tinha nascido naquele hospital. "Queria visitar a filha, mas deu um tiro em um pais de família de mais de 50 anos. Enquanto isto, a secretaria de Segurança insiste em afirmar que a violência está diminuindo", lamentou o parlamentar, acrescentando que nunca tinha visto arrastão nas paradas de ônibus da Ceilândia, "como tem acontecido".

Já o deputado Rodrigo Delmasso (Podemos) concentrou seu discurso na discussão realizada ontem, durante audiência pública promovida pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pedofilia sobre o programa de atendimento às vítimas de violência sexual infanto-juvenil. O deputado anunciou que pretende apresentar proposta de emenda à Lei Orgânica aumentando a destinação de recursos para o Fundo da Criança e do Adolescente dos atuais 0,3% da receita corrente líquida para 0,4%.

Além do aumento dos recursos, Delmasso disse que pretende modificar a legislação a fim de permitir que o Fundo possa financiar ações de saúde, o que atualmente é proibido. O deputado informou ainda que vai atender reivindicação dos profissionais que atuam na rede de atendimento e propor a institucionalização do programa. Atualmente, o DF conta com 20 núcleos de atendimento, que contam com aproximadamente dois mil profissionais. A deputada Luzia de Paula (PSB) manifestou apoio às medidas e destacou a importância do aumento da destinação de recursos para as políticas públicas voltadas para a criança e o adolescente.

Detran – O deputado Wellington Luiz (MDB) criticou a forma como o governo e o diretor do Detran estão tratando os servidores da entidade, em greve há vários dias. Para ele, os servidores estão sendo desrespeitados. O distrital propôs obstrução de pauta, ou seja, a não votação de propostas, até que o governo atenda as reivindicações dos servidores do Detran.

A deputada Celina Leão (PP) apoiou a obstrução e condenou o que classificou de "falta de boa vontade do governo" em dialogar e discutir com a categoria as propostas sem impacto financeiro.

Luís Cláudio Alves
Fotos: Carlos Gandra
Comunicação Social – Câmara Legislativa