Mais lidas Mais lidas

« Voltar

Solenidade homenageia Lions Internacional pelos 102 anos do clube

Solenidade homenageia Lions Internacional pelos 102 anos do clube

Qui, 24 Out 2019 12:58

Solenidade homenageia Lions Internacional pelos 102 anos do clube

Solenidade homenageia Lions Internacional pelos 102 anos do clube

A Câmara Legislativa do Distrito Federal realizou sessão solene em homenagem aos 102 anos do Lions Clube, nesta quinta-feira (24). A solenidade foi proposta pelo deputado Reginaldo Sardinha (Avante), que é associado à organização internacional. "Estamos falando de mais de um século de serviços às comunidades e às pessoas de todo o mundo, sempre em busca de difundir esperança", afirmou o distrital.

O parlamentar destacou que o objetivo do clube de serviço é promover o entendimento em escala mundial e atender as causas humanitárias. Até 2018, a organização – fundada em 10 de outubro de 1917, nos Estados Unidos, e que se tornou internacional três anos depois – contava com 47 mil clubes em 210 países e 1,5 milhão de membros. Com o slogan "Nós servimos", o grupo busca "empoderar os voluntários para que sirvam as suas comunidades e atendam às necessidades humanas, fomentem a paz e promovam a compreensão mundial".

Luiz Geraldo Matheus, ex-diretor internacional do clube, lembrou que o Lions foi fundado em Brasília no mesmo dia em que a cidade foi inaugurada e teve como sócio número 1 o ex-presidente Juscelino Kubitschek: "O presidente sempre disse que as ideias dele coincidiam muito com as do Lions Internacional", contou.

Já o presidente do Lions Clube Gama, Wander Albuquerque, disse que as ações sociais são a essência do grupo. "Me orgulha muito poder compartilhar experiências e ajudar nossa comunidade. Tenho orgulho de fazer parte desta família, intitulada maior clube de serviço do mundo".

Tânia Margarete, ex-governadora distrital do Lions Clube, comentou sobre a falta de apoio e de valorização do grupo no Distrito Federal. "Sinto que não há apoio suficiente para os nossos clubes. E sabemos como o Lions pode ajudar o poder público", declarou.

Victoria Kortbawi (estagiária)