Mais lidas Mais lidas

« Voltar

Procuradoria da Mulher entrega selo para a empresa amiga da primeira infância

Procuradoria da Mulher entrega selo para a empresa amiga da primeira infância

Seg, 04 Nov 2019 13:51

Procuradoria da Mulher entrega selo para a empresa amiga da primeira infância

Procuradoria da Mulher entrega selo para a empresa amiga da primeira infância

A Procuradoria da Mulher da Câmara Legislativa promoveu nesta sexta-feira (1°) sessão solene para entrega da premiação do selo empresa amiga da primeira infância. O selo tem o objetivo de estimular empresas do DF a se envolver com o desenvolvimento seguro de crianças de zero a seis anos. 

A iniciativa é da deputada Julia Lucy (Novo), que é procuradora especial da mulher da Casa e presidente da Frente Parlamentar da Primeira Infância. Ela afirmou que o selo é mais uma ferramenta "para buscar melhorias no acesso das crianças na primeira infância a condições que garantam não só o presente, mas também um futuro em igualdade de condições".

A deputada, juntamente com a Associação Comercial do DF (ACDF) e o Conselho de Mulheres Empresárias do DF, entregaram o selo a Codevasf, empresa pública brasileira que atendeu os pré- requisitos do projeto. 

O representante da Codevasf, Luis Napoleão , demonstrou-se  honrado pela conquista mas admitiu que ainda há muito o que se fazer. "Passamos a identificar o tamanho da nossa responsabilidade, talvez nós gestores que fomos provocados pelas mães para atender essa demanda, começamos a perceber o quantos nós temos ainda para fazer".

Flexibilidade - Napoleão explicou um pouco das ações que levaram a empresa ao mérito. "Horário diferenciado de amamentação, licença maternidade de 6 meses e a paternidade de 20 dias. O auxilio creche e pré-escolar de 6 anos e 11 meses, auxilio ensino especial, plano saúde estendido aos dependentes e flexibilidade" foram atitudes que a empresa tomou. Ele ainda deixou claro que ele "sempre se preocupou com a eficiência e não com o tempo de horas trabalhadas".

Os presentes à solenidade concordaram que o desafio de proteção da primeira infância é de toda sociedade, e Julia Lucy destacou a eficácia de se "estabelecer parcerias com o meio empresarial, no sentido de garantir suporte e apoio para que as mães possam se desenvolver profissionalmente e sejam acolhidas por seus empregadores".

Selo - O projeto tem como foco o estímulo ao trabalho conjunto entre empresas e setor público. Já aprovada em plenário, a proposta objetiva conferir, anualmente, premiação em forma de selo a empresas públicas ou privadas que atendam a uma série de critérios, entre eles, ter berçário, brinquedoteca, biblioteca ou creche no espaço da empresa; flexibilizar horários para funcionários com filhos menores de seis anos; ter programas de educação para gestantes, entre outros.

A deputada federal Érika kokay (PT) esteve presente à sessão e falou da importância da primeira infância para o ser humano, "é uma fase fundamental para o desenvolvimento cognitivo mas também para o desenvolvimento emocional". Kokay parabenizou a autora do projeto e também afirmou que sente a necessidade de implantar este selo na Câmara dos Deputados. 

Também foi convidada para a sessão a advogada e pedagoga Camila Antunes, cofundadora da consultoria Filhos no Currículo. Ela apresentou dados e situações que mães e pais passam diariamente no ambiente de trabalho. "Todos os dias no Brasil nascem 8229 bebês e a cada bebê que nasce, nascem novos pais, novas mães e novos profissionais com filhos", disse Camila. 

Karine Teles (estagiária)
Foto: Silvio Abdon/ CLDF
Núcleo de Jornalismo - Câmara Legislativa