Mais lidas Mais lidas

« Voltar

Enfrentamento à violência intrafamiliar é tema de audiência pública

Violência intrafamiliar é todo ato de agressão física, verbal ou psicológica envolvendo pessoas que possuem ligação familiar civil – cônjuges, padrasto e enteado etc. – e/ou parentesco natural. O enfrentamento a esse tipo de violência é tema de audiência pública da Câmara Legislativa na manhã sexta-feira (23). Proposto pelo deputado Leandro Grass (Rede), o debate acontece no UniProjeção, em Taguatinga Norte.

O parlamentar cita alguns dados de violência intrafamiliar para reforçar a importância de se discutir soluções para o problema: segundo a então Secretaria de Direitos Humanos (SDH), em 2014, 70% dos casos de agressões contra crianças e os adolescentes aconteceram dentro de casa; e, de acordo com levantamento do Datafolha de fevereiro de 2019, nos últimos 12 meses, 1,6 milhão de mulheres foi espancada ou sofreu tentativa de estrangulamento no Brasil, e 42% dos casos de violência ocorreram entre quatro paredes. Grass aponta ainda que, no Distrito Federal, a cada 35 minutos, uma mulher é vítima de violência doméstica.

"A solução para esse tipo de situação envolve uma série de fatores que devem ser tratados, discutidos e combatidos com veemência por todos que compõem a sociedade", defende Grass. E continua: "Esse processo é demorado, pois envolve elementos culturais, como o entendimento de que não é certo bater em mulheres ou crianças, ou em qualquer pessoa. No fim das contas, esse tipo de debate revela o machismo e o preconceito que são velados no dia a dia brasileiro".

Participam da audiência pública a deputada Júlia Lucy (Novo), que comanda a Procuradoria Especial da Mulher da CLDF; a deputada federal Erika Kokay (PT/DF); a juíza Luciana Rocha, do Juizado de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher de Taguatinga; a promotora Mariana Távora, coordenadora dos Núcleos de Direitos Humanos do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT); o administrador regional de Taguatinga, Geraldo de Araújo, entre outros.

Denise Caputo
Núcleo de Jornalismo – Câmara Legislativa