Mais lidas Mais lidas

« Voltar

CLDF faz um minuto de silêncio em homenagem ao ex-deputado Juarezão

CLDF faz um minuto de silêncio em homenagem ao ex-deputado Juarezão

Seg, 24 Jun 2019 18:43

CLDF faz um minuto de silêncio em homenagem ao ex-deputado Juarezão

CLDF faz um minuto de silêncio em homenagem ao ex-deputado Juarezão

Com um minuto de silêncio, o plenário da Câmara Legislativa do Distrito Federal prestou homenagem ao ex-deputado Juarezão, que faleceu na noite da última sexta-feira (21) após sofrer um acidente de carro na BR-080, em Brazlândia. Também em homenagem, o plenário batizou a Sala de Reunião das Comissões n°1 com o nome do distrital. O presidente da Casa, deputado Rafael Prudente (MDB), lembrou a atuação parlamentar de Juarezão, na última legislatura (2015-2018), em defesa de Brazlândia. O reconhecimento dos moradores daquela cidade ao ex-deputado chamou a atenção de Júlia Lucy (Novo) que se disse comovida com o "sentimento e a quantidade' de pessoas no sepultamento de Juarezão. "Uma população que se sentia representada", considerou. Já o deputado Agaciel Maia (PL) destacou a "dignidade" e o "profissionalismo" de Juarezão.

A duplicação da BR-080 foi uma das principais bandeiras de Juarezão, lembraram diversos parlamentares. "Temos que assumir o compromisso de lutar pela duplicação dessa BR, conhecida como rodovia da morte", afirmou o deputado Chico Vigilante (PT). Neste ano morreram 29 pessoas em virtude de acidentes naquela rodovia. Pela duplicação da BR houve 27 ações de Juarezão, citou o deputado Reginaldo Veras (PDT), que manifestou sua indignação com os comentários da suplente Kelly Bolsonaro (Patriota) nas redes sociais sobre o caso, atribuindo ao ex-deputado a responsabilidade pela não execução da obra. Outros parlamentares também criticaram a postura de Kelly Bolsonaro, como Telma Rufino (Pros) e Eduardo Pedrosa (PTC). "Foram comentários irresponsáveis", disse Pedrosa, ao lembrar que o processo de duplicação depende do governo federal.

Nesse sentido, Daniel Donizet (PSDB) reportou que o deputado federal Izalci Lucas disse que não faltam recursos para a duplicação da rodovia, mas sim licença ambiental. Para efetivar a obra, o deputado Iolando (PSC) conclamou os pares para irem juntos a todos os órgãos responsáveis. Além da duplicação da BR, o deputado Jorge Vianna (Podemos), defendeu a construção de hospital com centro de trauma e UTI, uma vez que na região acontecem muitos acidentes.

Franci Moraes
Fotos: Carlos Gandra/CLDF
Núcleo de Jornalismo – Câmara Legislativa