Mais lidas Mais lidas

« Voltar

Câmara Legislativa celebra relevância das feiras na cultura do DF

Câmara Legislativa celebra relevância das feiras na cultura do DF

Seg, 26 Ago 2019 19:25

Câmara Legislativa celebra relevância das feiras na cultura do DF

Câmara Legislativa celebra relevância das feiras na cultura do DF

A Câmara Legislativa do Distrito Federal realizou, nesta segunda-feira (26), sessão solene em homenagem ao Dia do Feirante. A iniciativa foi do deputado João Cardoso (Avante), que é frequentador e incentivador das feiras nas cidades. Participaram do evento representantes do governo e dos feirantes.

Em seu discurso, João Cardoso observou que as feiras fazem parte da cultura nacional e do Distrito Federal. "Temos aqui feiras que inclusive passaram integrar o portfólio turístico governamental. Nossas feiras são famosas pelos produtos que comercializam, pela arte que respiram e transpiram e pela culinária regional que disponibilizam aos seus fiéis frequentadores".

O parlamentar também contou a história do Dia do Feirante: "Esta data foi criada como uma forma de homenagear a primeira feira livre que ocorreu no Brasil, em 25 de agosto de 1914, no Largo General Osório, no Bairro Santa Efigênia, em São Paulo, ou seja, há 105 anos". Além disso trouxe alguns dados sobre as feiras no DF, "contamos aqui com aproximadamente 40 feiras permanentes, 30 itinerantes e shoppings populares, que juntos empregam mais de 30 mil pessoas", disse João.

Problemas - Reginaldo Sardinha (Avante), que esteve presente na solenidade, afirmou que são diversos os problemas nas feiras e pediu atenção especial do governador. "Precisamos fomentar as feiras do DF. Crises até nos pagamentos de água, de energia e dos vigilantes acontecem por faltar oportunidade de vender" e acrescentou, "devemos pensar em formas alternativas junto ao GDF, como tirar a proibição de shows e trazer atrações, peças teatrais, repente, forró".

A deputada federal Paula Belmonte (PPS) compareceu à sessão e defendeu a privatização das feiras, pois acredita que o poder público tem de dar essa garantia aos feirantes. A deputada apontou problemas das feiras como, "banheiros sem qualidade, ponto de drogas, exploração sexual de crianças..." e afirmou ainda que "precisa-se de segurança para que os feirantes tenham oportunidade da venda".

O vice-governador Paco Britto declarou que "a praia do brasiliense é a feira". Paco assegurou que, a partir desta semana, iniciará o projeto de revitalização das feiras do DF. "Todas, sem exceção, passarão por melhorias" e reforçou a necessidade de entrosamento entre o executivo e legislativo, "nós necessitamos de emendas para dar boas condições aos feirantes".

Karine Teles (estagiária)
Foto: Carlos Gandra/ CLDF
Núcleo de Jornalismo – Câmara Legislativa