Últimas Notícias Últimas Notícias

« Voltar

Distritais reclamam de sorteio para escolha de cooperativas habitacionais

Distritais reclamam de sorteio para escolha de cooperativas habitacionais

Ter, 08 Ago 2017 18:36

Distritais reclamam de sorteio para escolha de cooperativas habitacionais

Distritais reclamam de sorteio para escolha de cooperativas habitacionais

Alguns deputados distritais se manifestaram na sessão ordinária desta terça-feira (8) contra a utilização da modalidade de sorteio pelo GDF para escolher as cooperativas habitacionais a serem beneficiadas nos programa de habitação. Eles defendem que a escolha deveria ser feita por meio de licitação.

O deputado Wellington Luiz (PMDB) informou já ter apresentado projeto de decreto legislativo sustando a decisão do governo de realizar o sorteio. Luiz criticou ainda suposta declaração do secretário de Gestão do Território e Habitação, Thiago de Andrade, contra a atuação dos distritais.

O líder do governo na Casa, deputado Agaciel Maia (PR), disse que os secretários do GDF não podem fazer avaliação do Legislativo. Para ele, se a declaração for verdadeira, ela é inoportuna e só atrapalha. Maia também anunciou ser favorável à utilização da licitação para a escolha das cooperativas.

A deputada Celina Leão (PPS) classificou a utilização do sorteio como imoral e defendeu o lançamento de um edital de licitação. Segundo ela, o assunto será tema de audiência pública na Câmara, promovida por ela própria e pelos deputados Wellington Luiz e Telma Rufino (PROS). O deputado Chico Vigilante (PT) também defendeu a licitação como a modalidade mais justa para a definição das cooperativas contempladas.

Epidemia – O deputado Ricardo Vale (PT) sugeriu na sessão desta terça-feira (8) que um grupo de parlamentares visite o presídio da Papuda na próxima sexta-feira (11), pela manhã, para verificar in loco a situação da epidemia de doenças de pele que tomou conta do sistema penitenciário do DF.

O distrital disse que tem acompanhado o caso com preocupação por meio da imprensa e de denúncias de familiares de presos feitas à Comissão de Defesa dos Direitos Humanos, da qual é presidente. Segundo ele, o governo alega que a situação está sob controle, o que não coincide com os relatos que tem recebido. "É preciso que esta Casa vá avaliar a situação", sugeriu.

Luís Cláudio Alves - Coordenadoria de Comunicação Social