Últimas Notícias Últimas Notícias

Campus Party chega ao fim com mais de 40 sugestões para aproximar Legislativo da sociedade

Campus Party chega ao fim com mais de 40 sugestões para aproximar Legislativo da sociedade

Seg, 19 Jun 2017 12:47

Campus Party chega ao fim com mais de 40 sugestões para aproximar Legislativo da sociedade

Campus Party chega ao fim com mais de 40 sugestões para aproximar Legislativo da sociedade

Após quatro dias de intensas atividades e intercâmbio de experiências sobre inovação e novas tecnologias, a primeira edição da Campus Party em Brasília chega ao fim neste domingo (18). Durante todo o evento, a Câmara Legislativa esteve presente com seu Laboratório Hacker de Inovação (LabHinova), colhendo sugestões dos campuseiros para melhorar a relação entre o Legislativo local e a população por meio de modernas ferramentas de comunicação.

O estande do LabHinova na Campus Party recebeu mais de 40 sugestões de ferramentas digitais para permitirem ao cidadão acompanhar e participar do processo legislativo do Distrito Federal. Entre as propostas recebidas estão um aplicativo que torna mais simples o monitoramento da tramitação de projetos de lei, outro que permite à população opinar sobre propostas em votação na Casa e ainda um aplicativo que torna a fiscalização dos atos do poder público um procedimento simples, ao alcance de qualquer cidadão. Todas as ideias serão discutidas pela comunidade hacker do DF, dentro da proposta participativa do LabHinova, para avaliação da viabilidade de implementação.

Para o presidente da Câmara Legislativa, deputado Joe Valle (PDT), a participação do Legislativo local na primeira Campus Party realizada em Brasília foi uma experiência positiva. "Conseguimos mostrar uma Brasília que o Brasil não conhece. O evento foi resultado de um modelo colaborativo de gestão, no qual a Câmara Legislativa desempenhou importante papel. Nós mantivemos um estande com dados abertos do Legislativo e recebemos muitas sugestões interessantes para trazer o cidadão de volta para a participação política. Afinal, para transformar a política é preciso praticá-la", afirmou.

Já o presidente do Instituto Campus Party, Francesco Ferruggia, destacou o sucesso do evento na capital federal, superando inclusive expectativas dos próprios organizadores: "Essa foi a melhor primeira edição de Campus Party que fizemos no mundo. Nós esperávamos receber 2,4 mil campuseiros e 30 mil pessoas do público geral, mas os números dobraram, e o evento reuniu 5 mil campuseiros e mais de 70 mil pessoas que vieram conhecer um pouco as últimas novidades em tecnologia". Ferruggia também destacou o potencial da cidade na área de inovação. "Eu, sinceramente, achava que Brasília não tinha perfil para o evento, pois acreditava que, por ser uma cidade jovem, ainda não teria formado um tecido intelectual próprio. Mas eu estava enganado, Brasília sem dúvida já entrou no circuito das cidades digitais do mundo", elogiou. 

Éder Wen - Coordenadoria de Comunicação Social