Últimas Notícias Últimas Notícias

« Voltar

Câmara convida Caesb e Adasa para explicar falta de água em Planaltina e região

Câmara convida Caesb e Adasa para explicar falta de água em Planaltina e região

Ter, 17 Out 2017 17:24

A Câmara Legislativa convidou os presidentes da Caesb e da Adasa para uma reunião, que deve acontecer nesta quinta-feira (19) para explicar a falta de água prolongada que afeta algumas localidades em Planaltina, Sobradinho e região e apresentar soluções para o problema. O legislativo do DF pode ainda convocá-los para uma audiência pública que aconteceria numa das cidades prejudicadas. Durante a sessão ordinária desta terça-feira (17), vários deputados distritais cobraram explicações e alternativas para resolver o problema. 

De acordo com o relato de alguns distritais, há localidades que sofrem com a falta de água há quase uma semana, sem qualquer explicação dos órgãos responsáveis. O deputado Ricardo Vale (PT) informou que os moradores destas localidades estão passando por sérias dificuldades e cobrou uma solução rápida para a questão.

Também se manifestaram sobre o assunto os deputados Agaciel Maia (PR), Prof. Reginaldo Veras (PDT), Rafael Prudente (PMDB), Raimundo Ribeiro (PPS) e Cláudio Abrantes (sem partido). Durante os debates, ganhou força a possibilidade de convocação dos presidentes da Caesb e da Adasa. Um requerimento de convocação dos dirigentes pode ser apreciado ainda na sessão desta terça-feira.

Veras questionou que o governo agiria com a mesma inércia, se a falta de água por vários dias atingisse uma quadra do Plano Piloto. Para Ribeiro, com certeza o tratamento do governo seria diferente. O deputado acusou o governo de prejudicar deliberadamente as localidades atingidas e cobrou explicações.

Vigilantes – O deputado Chico Vigilante (PT) criticou a inércia do governo para resolver a situação dos vigilantes que não estão sendo reaproveitados, conforme previsto na legislação e no edital de licitação do último certame. Segundo o deputado, as empresas contratadas recentemente estão descumprindo as normas e deixando de aproveitar os trabalhadores das antigas empresas. Vigilante informou que uma reunião ainda hoje com o chefe da Casa Civil, Sérgio Sampaio, tratará do problema.

O deputado Cláudio Abrantes (sem partido) disse que foi procurado por dezenas de pessoas relatando o problema e pedindo ajuda. Para ele, a situação é extremamente preocupante e uma questão de Justiça para os trabalhadores que ocupam seus postos há anos.

O líder do governo, deputado Agaciel Maia (PR), afirmou que não compreende o raciocínio das empresas, que estão deixando de aproveitar trabalhadores que moram mais perto dos postos de trabalho para escolher outros.

Luís Cláudio Alves
Fotos: Carlos Gandra
Comunicação Social - Câmara Legislativa