Últimas Notícias Últimas Notícias

« Voltar

Atraso nos salários de terceirizados do GDF repercute na Câmara

Atraso nos salários de terceirizados do GDF repercute na Câmara

Ter, 08 Ago 2017 18:34

Atraso nos salários de terceirizados do GDF repercute na Câmara

Atraso nos salários de terceirizados do GDF repercute na Câmara

O atraso no repasse de recursos do GDF para as empresas terceirizadas repercutiu na sessão ordinária da Câmara Legislativa do Distrito Federal desta terça-feira (8). O problema provoca o atraso, também, no pagamento dos salários dos trabalhadores terceirizados, e algumas categorias já entraram em greve, como os vigilantes. O pessoal que atua na limpeza e as merendeiras também ameaçam cruzar os braços.

Vários deputados se manifestaram sobre o assunto em plenário e criticaram a falta de uma previsão do governo para regularizar a situação. O deputado Wellington Luiz (PMDB), por exemplo, pediu ao presidente da Câmara Legislativa, deputado Joe Valle (PDT), que tente agendar uma reunião com o governador Rodrigo Rollemberg e a equipe econômica para discutir o problema. Para ele, a obrigação do governo é pagar os prestadores de serviço em dia.

O líder do governo na Casa, deputado Agaciel Maia (PR), ponderou que os atrasos não acontecem porque o governo quer. Segundo ele, o problema é provocado pelas dificuldades financeiras no caixa do GDF. Ele informou ainda já ter solicitado ao secretário de Fazenda um levantamento completo da situação dos pagamentos dos terceirizados.

Na opinião da deputada Celina Leão (PPS), os trabalhadores não têm como esperar pelo pagamento e estão enfrentando situações sérias. A distrital criticou a falta de uma previsão do governo para a normalização dos pagamentos e sugeriu que nenhum projeto do GDF seja apreciado na Casa até a questão ser resolvida.

O deputado Chico Vigilante (PT) lamentou os problemas provocados nas vidas de milhares de trabalhadores terceirizados por causa dos atrasos. Segundo ele, a situação acontece desde setembro do ano passado. Vigilante disse ter ouvido do secretário de Fazenda que o pagamento poderá ser feito na próxima terça-feira. Para ele, isso poderia ser resolvido com uma solução simples: a abertura de uma linha de crédito especial no BRB para as empresas saldarem as folhas de pagamento.

Cartel – O deputado Chico Vigilante também condenou o que chamou de "a volta do cartel dos combustíveis" no DF. Ele informou que esteve ontem no Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) para pedir a retomada das investigações contra o cartel. Adiantou ainda que pretende procurar o Procon e o Ministério Público.

Luís Cláudio Alves - Coordenadoria de Comunicação Social