Últimas Notícias Últimas Notícias

Antes de entrar em recesso, Câmara Legislativa conclui votação de 45 projetos

Antes de entrar em recesso, Câmara Legislativa conclui votação de 45 projetos

Qui, 29 Jun 2017 20:07

Na última sessão deliberativa deste semestre, a Câmara Legislativa aprovou, em segundo turno e redação final, 45 proposições, sendo duas de autoria do Executivo. As votações aconteceram nesta quinta-feira (29), no Taguaparque, em Taguatinga, como parte do projeto Câmara em Movimento. Com a tramitação concluída no Legislativo local, os projetos de lei seguem para sanção do governador Rodrigo Rollemberg, para virar lei.

Entre as propostas aprovadas está o projeto de lei nº 283/2011, que cria a política distrital de serviços ambientais e o programa de pagamento por serviços ambientais "Cuidadores das Águas". O PL, apresentado pelo deputado Chico Vigilante (PT), prevê que os moradores de áreas que abrigam nascentes, córregos e rios poderão receber pagamento por atividades de restabelecimento e recuperação desses.

Outra proposta que está pronta para virar lei é o projeto de lei nº 1.507/2017, do deputado Wellington Luiz (PMDB), que cria o programa de atendimento hospitalar multidisciplinar às vítimas de abuso e violência sexual no Distrito Federal. Conforme explica o autor, as vítimas, além das complicações físicas decorrentes da agressão, apresentam também traumas psicológicos.

Educação – Também encerrou a tramitação na Casa o PL nº 1.105/2016, do deputado Juarezão, que cria o programa Bolsa Livros de Idiomas para os estudantes dos centros interescolares de línguas do DF. A iniciativa consiste na concessão de recursos financeiros para os CILs para a aquisição de livros a serem destinados aos alunos reconhecidamente carentes e regularmente matriculados e/ou egressos das unidades públicas de ensino do DF.

Além disso, os distritais aprovaram em segundo turno o PL nº 1.018/2016, que institui o programa distrital de bibliotecas comunitárias. De autoria do deputado Ricardo Vale (PT), o texto visa a possibilitar o acesso à cultura e à educação por meio de livros, periódicos, jornais e revistas às comunidades que não dispõem de bibliotecas. 

Denise Caputo - Coordenadoria de Comunicação Social