Mais lidas Mais lidas

« Voltar

Deputado repudia decisão de juiz que considerou homossexualidade como doença

Deputado repudia decisão de juiz que considerou homossexualidade como doença

Ter, 19 Set 2017 17:42

O deputado Ricardo Vale (PT), presidente da Comissão de Defesa dos Direitos Humanos, Cidadania, Ética e Decoro Parlamentar, lamentou e repudiou a decisão do juiz Valdemar Cláudio de Carvalho, que considerou o homossexualidade como uma doença. Valle criticou a decisão do juiz durante a sessão ordinária desta terça-feira (19) e anunciou que apresentará uma moção de repúdio contra a decisão do juiz.

Na opinião do parlamentar, "já vivemos numa sociedade tomada pelo ódio e pela intolerância e esta decisão só atrapalha". "Doente é ele. Cada um tem o direito de definir sua opção sexual como quiser", completou.

O deputado Wellington Luiz (PMDB) também condenou a decisão e disse que o juiz deveria responder no Conselho Nacional de Justiça (CNJ) "por esse absurdo". Na mesma linha, o presidente da Câmara, deputado Joe Valle (PDT), criticou a sentença e garantiu apoio à moção de repúdio.

Epilepsia – O deputado Rodrigo Delmasso (Podemos) ocupou a tribuna na sessão desta terça-feira para reforçar a importância do combate ao preconceito contra a epilepsia. O distrital salientou que a epilepsia é considerada a segunda doença mais estigmatizada, ficando atrás apenas da AIDS. Segundo Delmasso, 50 mil pessoas sofrem com a doença no DF.

Delmasso citou casos de pessoas que já foram até despedidas só por causa da doença. Ele falou ainda sobre os projetos aprovados na Câmara contra o preconceito e determinando o fornecimento de medicamentos para tratamento da doença. De acordo com ele, setembro é o mês de combate ao preconceito contra a epilepsia.

Luís Cláudio Alves
Fotos: Carlos Gandra
Comunicação Social - Câmara Legislativa