Artigos Artigos

« Voltar

Aylton Gomes - As conquistas do Corpo de Bombeiros do DF nos últimos oito anos

Artigo

Aylton Gomes - As conquistas do Corpo de Bombeiros do DF nos últimos oito anos

Sex, 05 Dez 2014 11:06
Deputado e representante da corporação na Câmara Legislativa, Aylton Gomes fala sobre a valorização do bombeiro militar, a ascensão das carreiras e a nova infraestrutura das unidades operacionais

Artigo

Aylton Gomes - As conquistas do Corpo de Bombeiros do DF nos últimos oito anos

Deputado e representante da corporação na Câmara Legislativa, Aylton Gomes fala sobre a valorização do bombeiro militar, a ascensão das carreiras e a nova infraestrutura das unidades operacionais

Não faz tanto tempo que o bombeiro passou a dedicar-se integralmente às atividades inerentes a seu cargo. Até 2007, as faxinas dos quartéis eram realizadas diariamente pelos próprios militares. Foram reuniões com calorosos debates, mas conquistamos o fim da faxina e os "homens do fogo" passaram a dispor 24 horas do dia para atendimento à população. Sem dúvida, essa foi uma vitória e um marco histórico, especialmente, um ganho para a sociedade.  

Já em 2009, a saga foi pela aprovação da Lei nº 12.086/09 que permitiu novas promoções aos militares. No ano seguinte, a conquista veio com a aprovação do decreto nº 28.155/10. O decreto possibilitou a redução do interstício em vários postos e graduações em até 75%, o que viabilizou a promoção imediata de mais de 2000 bombeiros militares e, em médio prazo, atingiu toda a corporação, permitindo que, no que dependesse de posto ou graduação, o militar obtivesse até quatro promoções em um intervalo de quatro anos. A ascensão dos bombeiros trouxe autoestima, ânimo para o trabalho e mais compromisso com a sociedade.

Mas foi em 2011 que conquistamos o ingresso de novos soldados para a corporação. Há anos não se realizava concurso para soldado do Corpo de Bombeiros Militar do DF. Esse cenário gerava sobrecarga nos militares. Foi então que, ocorrido o exame para concurso público, dialogamos diretamente com o governador para a nomeação de 1200 novos bombeiros, ou seja, três vezes o número previsto no edital.

A inauguração do Centro de Capacitação Física do Corpo de Bombeiros do DF veio posteriormente. Inicialmente, o projeto visava a construção de uma vila olímpica na Ceilândia, porém se transformou em algo muito maior: obtivemos um dos maiores centros de capacitação física militar do mundo, assim apontado pela Seleção Brasileira de Futebol, durante estada em Brasília, na preparação para a Copa do Mundo. O centro foi reconhecido como "padrão FIFA".

Não menos importante, a execução do projeto "Bombeiro do Futuro" aconteceu em 2013. O projeto permitiu a centenas de militares a possibilidade de cursar o tão sonhado ensino superior a custo zero, capacitando ainda mais a tropa.

Já em 2014 conquistamos uma nova promoção dos soldados que ingressaram em 2012 à função de cabo. Nessa fase, foi articulada a redução do interstício destes soldados, antecipando suas promoções em oito anos.

Ao longo dos anos, a corporação também passou a utilizar todo o seu orçamento, que antes era devolvido ao governo, possibilitando maiores investimentos em equipamentos de proteção individual e em viaturas de última geração, além da reforma e construção de 17 novas unidades operacionais.

Outra conquista foi a regularização fundiária dos imóveis da corporação, a demarcação dos limites dos quartéis com alambrado, o tratamento mais humano nas relações pessoais dos superiores com os subordinados e o aumento de vagas e de turmas em todos os cursos oferecidos pela corporação para melhorar o fluxo na carreira.

Fomos atuantes e participamos de todos esses momentos, nos quais tomamos consciência da história, das melhorias e da evolução efetiva ocorrida ao longo desses últimos oito anos no Corpo de Bombeiros Militar do DF. Brasília sente-se honrada com a sua corporação. Com especial carinho, a minha saudação.

Média (0 Votos)